“A valorização do dólar se deve ao aumento da taxa de juros nos Estados Unidos”, diz especialista

O especialista destacou que os investidores acabam aplicando dinheiro nos Estados Unidos com a alta dos juros

Esta quinta-feira (7), é o terceiro dia consecutivo de alta para o dólar, mas o dólar vinha em uma desvalorização, inclusive, quando a guerra na Ucrânia se iniciou.

O coordenador da FIA Business School, Paulo Feldmann, destacou que há três dias o real parou de se valorizar, e o dólar ganhou força, em razão do aumento na taxa de juros nos Estados Unidos.

Portanto, o especialista explicou que quando a taxa de juros sobe nos Estados Unidos, muitos investidores internacionais preferem ir ao invés de trazer dinheiro para o Brasil. “Muitos investidores procuraram aplicar nos Estados Unidos”.

No entanto, Feldmann afirmou que acredita que este movimento seja temporário, num médio prazo, a tendência de queda na taxa de conversão continuará, destacou. Por fim, o especialista explicou que o real a R$ 4,7 é um preço que torna os produtos no Brasil ainda fáceis de serem exportados.

Portanto,  Feldmann afirmou que não podemos ter uma variação muito grande, porque se o real cai para R$ 4 dificultará a exportação de produtos, mas facilitará a importação dos produtos.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas