Alta do petróleo: Quais são as alternativas para os combustíveis no Brasil?

Utilização de dividendos da Petrobras, redução de tarifas estaduais ou federais. Quais são os caminhos para diminuir o impacto da alta do combustível?

Quais são as alternativas para os combustíveis no cenário nacional? Considerando que o valor do barril de petróleo já está ultrapassando US$ 130, o governo está mirando em um “plano de socorro” dos preços dos combustíveis.

O ponto em pauta é utilizar dividendos vindos da Petrobras para um subsidio de curto prazo, de cerca de três meses, com custo abaixo de R$ 40 bilhões. Mas, será que este é o único caminho? Com intermédio de Felipe Nascimento, Alan Ghani e Alexandre Cabral avaliam todas as vias.

Entre as alternativas do governo, o  professor Alexandre Cabral, destacou que existe uma outra solução. “Zerar a maioria dos impostos dos combustíveis, mas não depende do governo”, avaliou. Ghani diz ainda que a redução de tributos estaduais seria um bom caminho.

“Outra solução seria a redução de tributos federais, mas tem que ter uma contrapartida, o governo vai ter que reduzir o gasto em outra área. De que certa forma, é positivo, mas tirar de onde?”, completa o economista.

Cabral explicou que isso não está ao alcance do governo federal,  porque ele zerou a maioria dos impostos dos combustíveis.

No entanto, o professor reforçou que a solução seria zerar os impostos estaduais, e destacou que este modelo é muito utilizado no Reino Unido. “No Reino Unido eles mudam a forma de arrecadar imposto de acordo com o preço da gasolina”, finalizou o professor.

Confira as outras alternativas para os combustíveis no Brasil:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas