Payroll: Estados Unidos criam 467 mil empregos em janeiro

O número veio bem acima das expectativas dos analistas, que esperavam cerca de 150 mil novas vagas não agrícolas em janeiro
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Os Estados Unidos criaram 467 mil empregos não agrícolas no mês de janeiro, segundo dados do Payroll divulgados pelo Departamento de Trabalho norte-americano nesta sexta-feira (4).

O número veio bem acima das expectativas dos analistas, que esperavam cerca de 150 mil novas vagas não agrícolas em janeiro.

Por outro lado, a taxa de desemprego ficou em 4% no país norte-americano no primeiro mês de 2022. As estimativas do mercado previam que a porcentagem de 3,9% de dezembro seria mantida.

Andrey Nousi, CFA e fundador da Nousi Finance, aponta que o mercado de trabalho nos EUA está aquecido e mais do que o esperado.

“Isso põe pressão no FED a deixar o pé no acelerador no aumento de juros, dado que seu mandato é desemprego e inflação controlada”, afirma.

O especialista não descarta dois aumentos em março. “Ao invés de 0.25%, seria 0.50%. Ademais, isso quer dizer que a Economia americana está muito saudável. Salários subiram 0.7% vs 0.5% estimados, o que aumenta o poder de consumo do americano e pode trazer mais pressão inflacionária”, acredita.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas