Boletim Focus, IBC-Br e o que move o mercado hoje

Investidores aguardam a "Super Quarta" no dia 4, quando os comitês de política monetária do Fed e do BC brasileiro irão divulgar as novas taxas de juros

Os índices futuros dos Estados Unidos operam em alta neste primeiro dia útil de maio, em uma semana que contará com a “Super Quarta” no dia 4, quando os comitês de política monetária do Federal Reserve e do Banco Central brasileiro irão divulgar as novas taxas de juros.

Para o Fed, a expectativa é de um aumento de 0,5 ponto percentual (para 0,75 % a 1 %) , enquanto a estimativa para o BC é de 1 p.p. (para 12,75 %).

As bolsas europeias operam majoritariamente em queda, com as nações da União Europeia trabalhando para aplicar um embargo ao petróleo da Rússia nesta semana devido ao conflito na Ucrânia.

No mercado asiático, o índice acionário Nikkei caiu 0,11%, após abertura positiva. O Topix, mais amplo, terminou em baixa de 0,07%.

“Não houve direção no mercado hoje … Embora o aumento dos juros já tenha sido precificado, há incertezas entre os investidores sobre o quanto o Fed será ‘hawkish'”, disse Shuji Hosoi, estrategista sênior da Daiwa Securities.

O mercado japonês estará fechado de terça a quinta-feira para feriados públicos conhecidos como a Semana Dourada.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,11%, a 26.818 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG permaneceu fechado. Em XANGAI, o índice SSEC não teve operações. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não abriu.

Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,28%, a 2.687 pontos. Em TAIWAN, o índice TAIEX ficou fechado. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES não teve operações.

BRASIL

No cenário doméstico, a agenda econômica desta segunda terá o IBC-Br , considerado a prévia do PIB, que saíra por volta das 9h. Às 10h, o Banco Central divulgará o Boletim Focus.

Além disso, a temporada de balanços continua, e a Localiza (RENT3) e a Copasa (CSMG3) devem divulgar seus resultados após o fechamento do mercado.

Às 8h, a Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou que o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou a alta a 1,08% em abril de 1,35% em março, com queda nos custos de Habitação.

(Com Reuters e BM&C Now: inscreva-se aqui para receber notícias em tempo real no Telegram)

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas