“Existe um choque de narrativas”, diz professor de relações internacionais sobre as versões de Rússia e Ucrânia

O professor afirmou que os jornalistas que estão na Ucrânia confirmam a versão ucraniana sobre o conflito
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, fez uma declaração ao Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas), nesta terça-feira (5), instigando o Conselho a adotar providências mais duras contra a Rússia.

O professor de relações internacionais, Bernardo Wahl, ressaltou que houve excessos de força por parte da Rússia na cidade de Bucha, se a narrativa da Ucrânia for real. “Existe um choque de narrativas”.

Nesse sentido, o professor afirmou que por um lado a narrativa da Ucrania que foca no suposto crime de guerra e genocídio cometido pela Rússia. Por outro lado, Wahl disse que a narrativa russa diz que tudo isso não passa de uma encenação. 

“Existe um velho adágio que diz que quando a guerra se inicia, a primeira vítima é a verdade”, disse o professor de relações internacionais durante sua participação no BM&C Market.

Portanto, Wahl ressaltou que é necessária uma verificação independente, embora haja jornalistas que estão no local, e esses jornalistas têm confirmado a versão ucraniana ocidental.

Por fim, o professor destacou que o presidente ucranino encontra dificuldades para lidar com a grande potência russa, apesar de a resistência ucraniana ter se mostrado bastante desafiadora para Moscou. “Por isso, Zelensky levou a questão da guerra para o âmbito das Nações Unidas em busca da aplicação do direito internacional”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas