Biden diz que irá banir importações de petróleo e gás da Rússia

Biden ressaltou que os preços dos combustíveis devem subir ainda mais, mas que fará o possível para minimizar o impacto

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou, nesta terça-feira (8), que irá banir todas as importações de petróleo e gás da Rússia. “Tomamos a decisão em conjunto com nossos aliados”, disse.

“Estamos adotando o maior pacote de sanções da história, causando danos severos à economia russa. A economia russa está ruindo. O rublo caiu mais de 50% desde que o Putin anunciou essa guerra”, completou Biden. 

Biden ressaltou que os preços dos combustíveis devem subir ainda mais, mas que fará o possível para minimizar o impacto. 

“Putin já está prejudicando os americanos na bomba de gasolina. Desde o início da guerra, o preço da gasolina nos EUA já subiu US$ 0,70 e vai subir ainda mais”, destacou. 

O presidente afirmou que para conter a economia ao longo prazo, é preciso ter independência energética. “Assim como os nossos colegas europeus precisam se proteger da falta do petróleo russo, nós também precisamos fazer a transição para energia limpa. Acreditamos que juntos conseguiremos mais independência”, comunicou. 

Ele informou ainda que já ofereceu mais de US$ 1 bilhão em auxílio aos ucranianos. “Estamos também oferecendo apoio humanitário ao povo ucraniano, tanto aqueles que continuam na Ucrânia quanto os que conseguiram escapar”.  

“A guerra de Putin causou um sofrimento enorme e uma perda desnecessária de vidas na Ucrânia. Os líderes ucranianos têm pedido um cessar-fogo, mas Putin parece ter decidido continuar no seu caminho de morte”, concluiu Biden. 

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas