Dinheiro esquecido: consulta de valores e pedidos de resgate começam hoje

Ao todo, são R$ 4 bilhões que serão pagos a 28 milhões de clientes, segundo o BC
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Já é possível consultar o valor e os pedidos de resgate de dinheiro esquecido nos bancos a partir desta segunda-feira (7). O Banco Central havia informado, até então, se a pessoa teria ou não algum valor a receber (por meio do site www.valoresareceber.bcb.gov.br), mas sem divulgar a quantia.

Ao todo, são R$ 4 bilhões que serão pagos a 28 milhões de clientes, sendo 26 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de empresas, segundo a autarquia.

No entanto, é preciso ficar atento ao calendário: a partir de hoje (7) e 14 de março, apenas os brasileiros nascidos antes de 1968, e empresas criadas antes desta data, poderão realizar a consulta e agendar o saque. O prazo para este grupo se encerra na sexta (11), com repescagem no sábado (12).

No dia 14 de março, os nascidos entre 1968 e 1983, ou empresas criadas neste período, poderão realizar o procedimento, com repescagem no sábado seguinte (19).

Já entre 21 a 25 de março, os nascidos após 1983, ou empresas criadas a partir de então, realizarão a consulta. A repescagem será em 26 de março.

Vale lembrar que, para realizar a consulta e agendar o saque, é preciso ter uma conta nível prata ou ouro do Portal Gov.br. No entanto, o cidadão que perder o prazo citado acima não precisa se preocupar pois, segundo o Banco Central, o direito a receber os recursos são definitivos e continuarão guardados pelas instituições financeiras até a pessoa solicitar o saque.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas