Gigantes de tecnologia da China miram no metaverso e podem desembolsar US$ 8 trilhões

Empresas como Tencent, NetEase, ByteDance, proprietária do TikTok, e Alibaba podem ser as pioneiras nesse espaço

Empresas americanas como a Microsoft e a Meta, controladora do Facebook, estão apostando no conceito de metaverso. Inclusive, a Microsoft posicionou sua proposta de aquisição da empresa de jogos Activision. Enquanto isso, as empresas chinesas estão adotando uma abordagem mais cautelosa em meio a uma regulamentação mais rígida.

O metaverso da China pode parecer muito diferente do resto do mundo por causa da censura do governo, com regras mais rígidas no setor de tecnologia e repressão de Pequim às criptomoedas.  Na China, o mercado total endereçável para o metaverso pode ser de US$ 8 trilhões.

Empresas como Tencent, NetEase, ByteDance, proprietária do TikTok, e Alibaba podem ser as pioneiras nesse espaço entre as empresas de internet da China. Esse movimento nos dá uma ideia de que tipo de aplicativos podem fazer parte do metaverso.

 Analistas dizem que realidade virtual, jogos e mídia social podem ser algumas das primeiras aplicações, claro, mas o ‘boom’ deve ser mesmo no comércio com vendas virtuais em jogos ou na criação de avatares digitais de si mesmo para participar de reuniões. Em se tratando da China, a gente pode esperar muita criatividade por aí.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas