BM&C Cenários: Banco Central continuará subindo a taxa de juros? Sergio Machado e Roberto Mota avaliam

Os convidados destacaram que o Banco Central demorou a reagir.

Nesta quarta-feira (5), o professor Alexandre Cabral, no programa de edição especial de final de ano, BM&C Cenários, contou com a participação de Sérgio Machado e Roberto Motta, para avaliar as expectativas do mercado em 2022, sobretudo, se o Banco Central deve continuar subindo juros.

Nesse sentido, Motta destacou que o Banco Central está em uma situação complicada, por terem tomado bastante risco nos últimos anos. “O Banco Central se colocou em uma situação bastante difícil, tomaram muito risco quando derrubaram a taxa de juros a 2%”.

Por outro lado, Machado destacou críticas ao Banco Central, uma vez que acredita que o processo de reação foi bastante demorado. Além disso, pontuou que o Brasil não tem estrutura para um juros no patamar dos 2%. “Eu me preocupo com a destruição do país, nunca tivemos capacidade de ter uma taxa de juros a 2%”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas