Federal Reserve mantém taxa de juros entre zero e 0,25% e divulga tapering para novembro

Os principais índices nos EUA sofreram pouca variação logo após o anúncio da ata, mas ganharam fôlego após alguns minutos
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
2021 07 06T141000Z 1 LYNXNPEH650S4 RTROPTP 4 USA FED scaled 1
Sede do Federal Reserve em Washington 19/03/2019. REUTERS/Leah Millis

Em reunião realizada pelas autoridades do Federal Reserve, a taxa de juros nos Estados Unidos foi mantida entre zero e 0,25%, apontou a ata do Fed em encontro do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto, e tradução livre) em 2 e 3 de novembro, divulgada nesta quarta-feira (3).

“O Comitê decidiu manter a faixa da meta para a taxa de juros federais em 0 a 0,25% e espera que seja apropriado manter essa faixa até que as condições do mercado de trabalho atinjam níveis consistentes com as avaliações do Comitê de emprego máximo e inflação suba para 2%”, destacou a ata.

O Fed também anunciou o início a redução da compra de títulos, o tapering, que vem sendo anunciado nos últimos meses. A redução será de US$ 10 bilhões mensalmente e começa no final deste mês.

“O Comitê aumentará suas posses de títulos do Tesouro em pelo menos US$ 70 bilhões por mês e de títulos garantidos por hipotecas de agências em pelo menos US$ 35 bilhões por mês”, destaca o Fed.

O banco central dos EUA enfatizou que pretende manter o ritmo da compra, mas poderá alterar se for necessário. “O Comitê julga que reduções semelhantes no ritmo de compras de ativos provavelmente serão feitas a cada mês, mas está preparado para ajustar o ritmo das compras se for justificado por mudanças nas perspectivas econômicas”, afirmou.

A ata do Fed finalizou destacando que o banco central continua atento com as perspectivas econômicas e a evolução da pandemia, que fará os ajustes necessários caso seja necessário. “As avaliações do Comitê levarão em conta uma ampla gama de informações, incluindo leituras sobre saúde pública, condições do mercado de trabalho, pressões e expectativas inflacionárias e desenvolvimentos financeiros e internacionais.”

Nesta quarta, também ocorreu o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell e destacou no discurso que a principal pauta das reuniões do Fomc foi a redução da compra de títulos.

Neste momento, os principais índices nos EUA sofreram pouca variação logo após o anúncio da ata, mas ganharam fôlego após alguns minutos. Às 16h20, o S&P 500 está operando em +0,52% (4.654,58), o Nasdaq registra +0,86% (15.784,60), enquanto o Dow Jones está em +0,20% (36.123,38).

O dólar comercial reagiu e cai forte, registrando queda de 1,40%, cotado a R$ 5,591 às 16h20.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas