Restituição de Imposto de Renda para quem deixou para última hora poderá ser maior; entenda

O prazo para fazer a declaração do IR é até 31 de maio

Os primeiros a receber a restituição do Imposto de Renda são aqueles que fizeram a declaração o quanto antes. No entanto, neste ano, deixar para a última hora pode ser vantajoso, uma vez que quanto mais perto do prazo final o contribuinte enviar o formulário, maior poderá ser o valor da restituição. Isso acontece, pois a correção é feita pela taxa Selic, que está em tendência de alta.

O prazo para fazer a declaração é até 31 de maio. De acordo com estimativa da Receita Federal, cerca de 14 milhões de contribuintes ainda não haviam feito a emissão do formulário, de um total de 34,1 milhões.

Porém, apesar de benéfico, é necessário que o contribuinte também fique atento, pois, devido ao grande número de acessos próximo do prazo final, o sistema tende a travar, impossibilitando assim, que o formulário seja enviado dentro da data estabelecida.

A medida é obrigatória para todas as pessoas que tiveram renda tributável anual acima de R$ 28.559,70. Além disso, também devem declarar quem recebeu rendimentos isentos acima de R$ 40 mil, teve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeitos à incidência do imposto, ou quem realizou qualquer operação em Bolsa de Valores.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas