“A aviação perdeu um dos seus máximos”, diz especialista após destruição do Antonov-225 Mriya

A fábrica responsável pela fabricação do Antonov-225 Mriya também foi atacada e está sendo destruída pelas tropas russas

O Antonov-225 Mriya, maior avião de carga do mundo, foi destruído neste domingo durante um ataque da Rússia ao aeroporto Hostomel, nas proximidades de Kiev, a capital ucraniana.

“A aviação perdeu um dos seus máximos. O avião mais pesado e de maiores dimensões. Ele não era notável apenas por ser o maior, mas porque era único: só existia um exemplar”, disse Panda Beting, especialista em aviação, durante entrevista à BM&C News.

Ele destacou que a fábrica responsável pela fabricação do Antonov também foi atacada e está sendo destruída pelas tropas russas. “A possibilidade de outro avião como este ser fabricado provavelmente não existe mais”, afirmou.

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, escreveu uma mensagem sobre o ataque em seu Twitter.

“Esta foi a maior aeronave do mundo, AN-225 ‘Mriya’ (“sonho” em ucraniano). A Rússia pode ter destruído nosso ‘Mriya’. Mas nunca poderão destruir o nosso sonho de um Estado europeu forte, livre e democrático. Vamos prevalecer!”, afirmou.

Assista à entrevista de Panda Beting na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas