Lucro da Itaúsa dispara 53% no 4º tri, com melhora em todas as linhas de negócios

A Itaúsa ainda reportou um acréscimo de 872 milhões de reais na linha outras receitas operacionais, ante apenas 2 milhões um ano antes

O lucro Itaúsa (ITSA4) teve forte alta no quarto trimestre, uma vez que os ganhos do Itaú Unibanco foram desta vez acompanhados por melhora em todas as linhas de negócios da holding, incluindo os ligados a varejo e à indústria.

O conglomerado informou nesta segunda-feira que seu lucro recorrente de outubro a dezembro somou 4,185 bilhões de reais, aumento de 53,2% sobre um ano antes.

O Itaú Unibanco já havia anunciado na semana passada um aumento de 32,9% no lucro do período, ano a ano, para 7,159 bilhões de reais, acima das previsões de analistas.

Além disso, a XP, na qual a Itaúsa tem participação relevante, reportou um salto de 51% no lucro ajustado do quarto trimestre.

Mas o resultado da holding desta vez foi turbinado por evolução ainda maior do lucro das empresas não financeiras, como a fabricante de calçados Alpargatas e a fabricante de paineis de madeira, revestimentos e louças sanitárias Dexco.

A Copa Energia, de distribuição de gás de cozinha, e a transportadora de gás por dutos NTS também tiveram forte alta nos resultados dos três últimos meses do ano passado.

Por fim, a Itaúsa ainda reportou um acréscimo de 872 milhões de reais na linha outras receitas operacionais, ante apenas 2 milhões um ano antes.

Executivos da companhia discutem os resultados do trimestre com investidores e analistas em teleconferência na terça-feira, às 10h (horário de Brasília).

Compartilhe:

Matérias relacionadas