Destaques da Bolsa: Petrobras (PETR4) cai mais de 2%; Banco Inter (BIDI11) avança 7%

Confira os destaques desta segunda-feira (14)
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O Ibovespa fechou em alta, nesta segunda-feira (14), mesmo com o mercado atento aos desdobramentos da crise geopolítica entre Rússia e Ucrânia.

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em alta de 0,29%, cotado a 113.899,19 pontos.

Acompanhando a queda do petróleo, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) caíram mais de 2%, estando entre as principais baixas. A 3R Petroleum (RRRP3) também recuou 1,32%. Um potencial conflito na Ucrânia poderia afetar ainda mais um cenário de oferta já apertado da commodity, elevando os preços no mercado internacional.

Vale (VALE3) caiu 0,44%, CSN (CSNA3) -0,25% e Gerdau (GGBR4) -1,10%, acompanhando o recuo do minério de ferro. 

Marfrig (MRFG3) também teve queda de 2,53%. 

Já entre as maiores altas, Banco Inter (BIDI11) subiu 7,84%, Petz (PETZ3) teve valorização de 6,59% e Hypera (HYPE3) avançou 4,35%

Confira os destaques desta segunda-feira: 

Oi (OIBR3) 

A Oi (OIBR3) anunciou nesta segunda-feira que tornou efetivo o seu cancelamento na U.S Securities and Exchange Commission (SEC), que corresponde a Comissão de Valores Mobiliários nos Estados Unidos.

Com isso, os American Depositary Receipts (ADRs) da empresa, negociados sob os códigos OIBZQ e OIBRQ, foram retirados da bolsa de Nova York, como havia sido anunciado previamente em outubro de 2021.

A companhia destacou que o cancelamento não implica na listagem das ações no Brasil, que continuam seguindo a legislação e regulamentações brasileiras, e que continuará divulgando seus reportes periódicos e resultados anuais e intermediários.

CCR (CCRO3)

O grupo de construção peruano Aenza entregou uma proposta para comprar uma participação de 14,9% da empresa de concessões de infraestrutura CCR, segundo duas fontes com conhecimento do assunto.

A Aenza, controlada pelo fundo de private equity IG4 Capital, entregou a proposta ao BTG Pactual, mandatado pela Andrade Gutierrez, que está vendendo sua participação para pagar credores, segundo as fontes, que pediram anonimato.

Com base no preço de fechamento na sexta-feira, a participação na CCR vale 3,77 bilhões de reais. 

Petrobras (PETR3;PETR4)

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu o terceiro voto para confirmar decisão anterior que havia anulado a maior condenação trabalhista já imposta à Petrobras, formando dessa forma uma maioria na Primeira Turma da corte em julgamento virtual do caso.

Nesta segunda-feira, Cármen seguiu o voto apresentado na sexta-feira pelo ministro Alexandre de Moraes, relator da ação, que poderia resultar em perdas de 17 bilhões de reais para a Petrobras.

A maioria do colegiado votou para acatar um pedido da companhia para reverter condenação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 2018 em que se discutia a forma de pagamento aos empregados de uma verba salarial, a RMNR (Remuneração Mínima por Nível e Regime).

O julgamento virtual encerra-se na próxima sexta-feira.

Com Reuters

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas