Dólar à vista fecha com ligeira alta de 0,07%, a R$5,24

Na semana, o dólar no Brasil caiu 1,54% - quinta semana consecutiva de perdas

O dólar fechou perto das máximas da sessão desta sexta-feira, com forte movimento de compra no fim da tarde em meio à piora do sentimento externo devido à escalada de temores geopolíticos, mas o real ainda teve desempenho melhor do que vários de seus pares, ainda beneficiado pela percepção de que o Brasil hoje está atrativo para novos fluxos de dinheiro.

O dólar à vista chegou ao fim da tarde com variação positiva de 0,07%, a R$ 5,24, distante da mínima do dia, de R$ 5,18 (-1,11%).

Mesmo na máxima, porém, a alta foi discreta, de apenas 0,15%, para R$ 5,24.

No fim da tarde, o dólar subia entre 0,1% e 0,5% contra moedas emergentes de perfil parecido com o do real, mas saltava 3,1% contra o rublo russo, que liderava as perdas globais na sessão.

Na semana, o dólar no Brasil caiu 1,54% – quinta semana consecutiva de perdas, mais longa sequência do tipo desde maio de 2021. No atual período, o dólar acumulou baixa de 6,91%.

Em fevereiro, o dólar cedia 1,19%, estendendo a desvalorização no ano para 5,93%.

Compartilhe:

Matérias relacionadas