Bolsas da Ásia fecham a semana em alta

Vale lembrar que a segunda maior economia do mundo enfrenta sérios reflexos de sua política de tolerância zero à Covid-19, com cidades chinesas sob intenso lockdown

O mercado asiático disparou em alta nesta sexta-feira (20), conseguindo se recuperar de uma semana instável e também, se descolar de Wall Street.

Um dos motivos das bolsas subirem foi que os bancos chineses cortaram a taxa de referência para hipotecas por uma margem inesperadamente ampla, para reanimar o setor habitacional e impulsionar uma economia em desaceleração atingida por graves surtos de COVID-19.

Vale lembrar que a segunda maior economia do mundo enfrenta sérios reflexos de sua política de tolerância zero à Covid-19, com cidades chinesas sob intenso lockdown, por exemplo, caso de Xangai.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,95% no dia, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,6%.O de Hong Kong, Hang Seng, avançou 2,96%, enquanto o China Enterprises Index ganhou 3,2%.

Em outras partes da Ásia, em Tóquio, o Nikkei 225 subiu 1,27% com 26,739.03 pontos. Na capital da Coréia, o Kospi disparou 1,81% com 2,639.29 pontos. Por fim, na Austrália, o ASX 200 ganhou 1,15% com 7,145.60 pontos.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas