Bolsas da Ásia fecham em alta com melhora no surto de Covid na China

O vice-prefeito de Xangai, Wu Qing, disse em entrevista à imprensa que a "vitória" está se aproximando, porém, ele também afirmou que essa luta "ainda exige o esforço conjunto de todos os cidadãos"

Nesta sexta-feira (13), as bolsas da Ásia conseguiram terminar o último pregão da semana em alta devido a Xangai dizer que “vitória” contra a Covid está mais perto, fazendo com que os mercados próximos tivessem uma boa reação.

A cidade de Xangai busca deter neste mês a propagação da Covid-19 em áreas fora de suas zonas de quarentena rigorosamente regulamentadas. Além disso, há também promessas das autoridades de sustentar a economia, assim, essa fala também ajudou o sentimento.

O vice-prefeito de Xangai, Wu Qing, disse em entrevista à imprensa que a “vitória” está se aproximando, porém, ele também afirmou que essa luta “ainda exige o esforço conjunto de todos os cidadãos”.

Na China, o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,75% no dia, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,96%.Outro índice que registrou alta foi o de Hong Kong, o Hang Seng subiu 2,68%, enquanto o China Enterprises Index teve alta de 3,2%.

No Japão, o índice Nikkei avançou 2,64%, a 26.427 pontos. Em Seul, o índice KOSPI teve valorização de 2,12%, a 2.604 pontos. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 1,38%, a 15.832 pontos.

Para finalizar, em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 1,93%, a 7.075 pontos.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas