Relembre 3 polêmicas de Elon Musk envolvendo o Twitter

Com 80 milhões de seguidores, o bilionário coleciona polêmicas na rede social

Twitter e Elon Musk estiveram entre os assuntos mais comentados nos últimos dias, após a pessoa mais rica do mundo comprar 9% das ações em circulação da rede social. Além disso, ele também ofertou US$ 43 bilhões (cerca de R$ 200 milhões) para ter todo o controle acionário da plataforma.

E toda essa movimentação causou estranhamento, já que ele criticou várias vezes o Twitter e até chegou a sugerir a criação de uma nova mídia social.

Com 80 milhões de seguidores, Musk coleciona polêmicas. Confira abaixo 3 momentos em que o bilionário ‘causou’ na rede social.

1. NA MIRA DA SEC

Em 2018, Musk entrou na mira da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês), após falar que tornaria a Tesla (TSLA) em uma empresa privada.

“Os comentários de Musk, disseminados via Twitter, falsamente indicavam que estava virtualmente certo que ele podia transformar a Tesla em empresa privada, a um preço de compra que refletia um prêmio substancial sobre o valor corrente das ações, que os fundos para essa transação multibilionária estavam assegurados e que a única contingência eram os votos dos acionistas”, afirmou a entidade na ação judicial.

cnbc com twitter

2. VENDA DE AÇÕES

Em novembro de 2021, o homem mais rico do mundo fez uma enquete no Twitter perguntando se colocava ou não 10% de suas ações da Tesla à venda, dizendo que acataria o que a maioria respondesse. Com mais votos “sim”, as ações chegaram a cair 12% com o mercado temendo a venda.

3. DESAFIO A PUTIN

Em março deste ano, Musk desafiou Vladimir Putin, presidente da Rússia. Na postagem, ele chamava o chefe de Estado para uma “luta” e disse que o ganhador ficaria com a Ucrânia, país que vive sob ataques russos.

E não parou por aí. O homem mais rico do mundo ainda mencionou a conta oficial do Kremlin e disse: “Você concorda com essa luta?”

Ao ser questionado por uma seguidora se ele estava falando sério, Musk respondeu: “Absolutamente”. No entanto, alguns internautas criticaram o CEO, caso fosse uma brincadeira. “Elon, isso não é um circo. Pessoas reais estão sofrendo”, escreveu uma usuária do Twitter.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas