Santander Brasil (SANB11) tem lucro gerencial de R$ 3,88 bi no 4° trimestre de 2021

Somando todos os resultados de 2021, as receitas totalizaram R$ 18,879 bilhões, uma elevação de 13,9% em relação ao ano de 2020

Nesta quarta-feira (02), o Santander Brasil (SANB11) divulgou ao mercado um lucro líquido gerencial de R$ 3,880 bilhões no quarto trimestre de 2021. Nas comparações, este resultado é uma redução de 10,6% em relação ao terceiro trimestre de 2021.

Neste quarto trimestre, a margem financeira líquida foi de R$ 10,457 bilhões, tendo um recuo de 4,4% na comparação ao terceiro trimestre do ano passado. Enquanto a margem financeira líquida do acumulado do ano ficou em R$ 41,761 bilhões, o que gera uma alta de 8,4% na comparação com 2020. A empresa disse que a boa performance se deve à margem com clientes, que cresceu 9,8% no ano.

O retorno do patrimônio líquido médio (ROAE) foi de 20% neste quarto trimestre, uma queda de 2,3 pontos percentuais em relação ao terceiro tri. O ROAE atingiu 21,2% em 2021, alta de 0,1 ponto percentual na comparação com o ano do início da pandemia.

A carteira de crédito do Santander ficou em R$ 462,749 bilhões no final de dezembro de 2021, expansão de 12,4% na comparação com dezembro de 2020.

O índice de inadimplência atingiu 2,7% no 4T21, alta de 0,2 p.p. em relação ao 3º trimestre.

Mais sobre os resultados, as receitas da prestação de serviços e tarifas somaram R$ 4,980 bilhões neste último trimestre, tendo uma alta de 3,1% em relação ao terceiro trimestre do ano passado.

Somando todos os resultados de 2021, as receitas totalizaram R$ 18,879 bilhões, uma elevação de 13,9% em relação ao ano de 2020.

De acordo com o Santander, essa performance está suportada pelo crescimento da base de clientes, atingindo recorde histórico, e também pela maior vinculação destes clientes com o banco.

Para finalizar, no de 2021, o lucro líquido do banco atingiu a marca de R$ 16,347 bilhões, gerando um aumento de 7% na comparação com 2020.

Compartilhe:

Matérias relacionadas