“O petróleo vai continuar pressionado”, diz CEO da Ohmresearch

Roberto Attuch destacou também que a estratégia americana é provocar Rússia e forçar uma invasão na Ucrânia

O preço do minério de ferro e do petróleo tem disparado nos últimos dias e, com isso, empresas do setor, como a Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4), estão sendo beneficiadas. Roberto Attuch, fundador e CEO da Ohmresearch, comentou, nesta quarta-feira (19), sobre o impacto da crise geopolítica no preço do petróleo.

“O petróleo vai continuar pressionado, a gente acha que o Brent vai continuar sendo negociado entre US$85 e US$90 e acho que, eventualmente, pode até buscar os US$100, e o WTI com um desconto em relação a ele”, disse durante participação na programação da BM&C News.

Para Attuch, um fator positivo para o petróleo é a possibilidade de uma maior circulação de pessoas. Para isso, países da Europa tem falado em rebaixar a classificação de pandemia para epidemia e a classificação de que a variante ômicron seria o começo do fim da pandemia.

Além disso, o especialista mencionou sobre a fala do primeiro-ministro Boris Johnson em retirar a obrigatoriedade das máscaras e o estímulo para o trabalho presencial.

Já o fator negativo, é em relação à crise da Rússia e Ucrânia. “Na minha opinião, a estratégia americana é provocar a Rússia ao máximo ao ponto de forçar uma invasão na Ucrânia”, avaliou.

Para isso, Attuch explicou que o objetivo dos Estados Unidos é virar a opinião pública, principalmente da Alemanha, de modo a fazer com que o país europeu rompa a relação comercial com a Rússia.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas