Powell promete impedir que inflação se torne “arraigada”

Nos breves comentários de abertura de sua audiência, o chefe não mencionou explicitamente os planos do Fed de aumentar as taxas de juros
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O chair do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Jerome Powell, prometeu “impedir que a inflação mais alta fique arraigada”, conforme comentários preparados para serem feitos em uma audiência no Congresso na terça-feira, na qual o acelerado ritmo de aumentos de preços provavelmente será um tópico central.

Powell não mencionou explicitamente os planos do banco central dos EUA de aumentar as taxas de juros nos breves comentários de abertura de sua audiência de nomeação perante o Comitê Bancário do Senado para um segundo mandato de quatro anos como chefe do Fed.

Mas ele observou que a força de uma recuperação contínua desalinhou a oferta e a demanda por bens e serviços, gerando preços mais altos.

“A economia ganhou força rapidamente, apesar da pandemia em curso, dando origem a desequilíbrios e gargalos persistentes de oferta e demanda e, portanto, à inflação elevada”, disse Powell em seus comentários, divulgados pelo Fed nesta segunda-feira. “Sabemos que a inflação alta cobra um preço.”

O presidente Joe Biden nomeou Powell para um novo mandato como chefe do Fed, mas a nomeação precisa ser ratificada pelo Senado.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas