“Eu associo a queda da B3, a uma visão eufórica sobre a potencialidade do mercado financeiro brasileiro”, avalia analista

O analista destacou o aumento expressivo foi ao lado dos ofertantes na Bolsa de Valores
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Tendo em vista a queda da Bolsa de Valores em 2021, o professor de finanças e analista de investimentos, André Massaro, em participação ao BM&C News, analisou o que motivou a queda. “Eu associo a queda da B3,  a uma visão eufórica sobre a potencialidade do mercado financeiro brasileiro”. 

Nesse sentido, o analista destacou o enorme desenvolvimento do mercado financeiro brasileiro nos últimos anos. No entanto, acredita que houve um exagero de potencialidade do mercado “Talvez as pessoas tenham enxergado a potencialidade do mercado financeiro como muito maior do que realmente é”.

Por fim, Massaro afirmou que o aumento foi maior ao lado do ofertante, destacando o surgimento de bancos digitais, corretoras, entre outros. “Na minha visão, foi um aumento proporcionalmente maior do lado ofertante, e não do lado demandante”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas