Igor Lima analisa os principais motivos para as baixas na Bolsa nos últimos meses

Em entrevista ao BM&C News, Igor Lima ressaltou dois dos principais motivos para as quedas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Tendo em vista que a temporada de balanços do terceiro trimestre chegou ao fim, e até mesmo as companhias que reportaram bons desempenhos não viram uma melhora no preço das ações, Igor Lima, responsável pela Renda Variável da Trafalgar Investimentos, pontuou as motivações da baixa na B3 nos últimos meses.

“Por um tempo, nós pensamos que o bom desempenho das companhias fosse suficiente para uma recuperação de preço, mas não aconteceu”, iniciou Igor em entrevista ao BM&C News. Nesse sentido, ele ressaltou os dois principais motivos. O primeiro, sobretudo, atualmente, apenas 5 empresas concentram 64% dos lucros corporativo reportado dentro do índice inteiro. “É um nível de concentração muito alto”, destacou.

“Quando falamos que os lucros estão se recuperando ou que vão ser recordes histórico em 2021, são em função das 5 empresas: Vale, Petrobras, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil em termos de peso delas dentro índice, representam 38%”, explicou.

Outro aspecto citado por Igor, é o juro real. “Enquanto não tivermos um juros real estabilizado ou até cedendo um pouco não veremos uma recuperação mais forte”, finalizou.

Confira a entrevista na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.