CASH3: após cair mais de 90%, não consegue mostrar força para reagir, avalia analista

Beto Assad pontuou que o ativo se encontra em forte tendência de baixa

O analista técnico da Kinvo, Beto Assad, comentou sobre o cenário gráfico de Méliuz (CASH3) nesta segunda-feira (1º). “É mais uma daquelas ações que não consegue mostrar força para reagir, mesmo tendo caído mais de 90% desde o seu topo histórico”, disse em entrevista ao portal BM&C News.

No gráfico, o analista explicou que o ativo se encontra em forte tendência de baixa e, no momento, tenta se segurar acima do patamar psicológico de R$ 1,00.

“A perda desse número abre espaço para mais quedas, sem nenhuma sinalização de compra até o momento”, concluiu.

brm8UMaIjxBCZrjW9J j9SPSEkgcw pbtxdyZ4kKAXq vbGE8Q4RR1ieHzKSTOF0yGcuiNXiYhRyEt5hBp8nDWI0A iLmP7Z1NStYVRZx5477QknZBUJd y0btN vlroyZ9ysNEeUaUKK8CNObavUZ3hdt9zWjw

Quer ter mais informações do mercado financeiro? Acompanhe nossa programação ao vivo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas