Musk confirma que vai demitir 10% dos funcionários da Tesla em três meses

Desligamentos representam redução de 3,5% no quadro total de funcionários da companhia

Nesta terça-feira (21), o bilionário Elon Musk, comunicou durante o Fórum Econômico do Catar, organizado pela Bloomberg, o corte de 10% dos funcionários assalariados da Tesla nos próximos três meses.

A motivação para a demissão em massa seria a alta probabilidade de recessão nos Estados Unidos. Esta foi a primeira vez que o CEO da companhia comentou sobre o assunto, desde que o e-mail solicitando a pausa nas contratações nas fábricas de todo o mundo foi divulgado pela agência Reuters.

Segundo o bilionário, as demissões serão aplicadas apenas aos trabalhadores assalariados, o que representa uma redução de 3,5% no número total de funcionários. Musk enfatizou que espera aumentar o número de trabalhadores pagos por hora em vez de salários fixos.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas