BTG recomenda compra de WEG (WEGE3) pela primeira vez e aposta em potencial de 75% para ação

A justificativa do banco para a compra de Weg se dá em razão da incerteza, na qual acaba exigindo investimentos mais seguros

O BTG Pactual divulgou, na última segunda-feira (20), um relatório de recomendação de compra para Weg (WEGE3). No documento, a instituição financeira disse que cobre a companhia há anos e que “nunca teve a classificação de compra, perdendo assim uma das maiores histórias de criação de valor da bolsa local”.

O preço-alvo projetado pelo BTG em 2023 é de R$ 40/ação, com potencial de 75% para o papel. Ainda na avaliação, o relatório diz que, apesar de não saber por quanto tempo o mercado global continuará em queda, os níveis atuais de valuation (P/L em 2023 de 21,9x) e um modelo de negócios à prova de crise (ROIC histórico de 5 anos > 20%) dão suporte a revisão.

A justificativa do banco para a compra de Weg se dá em razão da incerteza, na qual acaba exigindo investimentos mais seguros.

“A crescente aversão ao risco em ações globais está forçando os investidores a buscar empresas defensivas em todo o mundo, inevitavelmente levando-nos a revisar nosso modelo WEGE3, discutir tendências recentes do setor e reconsiderar nossa tese de investimento na empresa, em meio à recente queda do mercado”, pontua.

Em relação ao modelo de negócio, o BTG sugere três considerações: “Um ciclo perene de evolução dos produtos, verticalização da produção e aumento da competitividade; flexibilidade do produto, pois motores elétricos são aplicados em muitos processos industriais e o sistema industrial modular minimiza a necessidade de capital; e a flexibilidade do produto confere à Weg exposição a várias tendências duradouras do setor, reforçando seu forte apelo relacionado a temática ESG”.

Quer ter mais informações do mercado financeiro? Acompanhe nossa programação ao vivo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas