“É natural que quem é investigado por corrupção se oponha às investigações”, diz Dallagnol sobre crítica de Eduardo Cunha

O político completou que não há evidência que indique de maneira concreta abusos ao longo do processo da Lava-Jato

O ex-deputado federal, Eduardo Cunha, havia criticado, na última terça-feira (31) durante participação exclusiva na programação da BM&C News, a operação Lava-Jato e a forma como foram feitas as delações premiadas. “Acho natural que quem é investigado por corrupção se oponha às investigações”, rebateu o ex-procurador da Lava-Jato, Deltan Dallagnol.

O político completou que não há evidência que indique de maneira concreta abusos ao longo do processo da Lava-Jato.

“O problema é que quando o sistema é desmontado, quando se acaba com a prisão em segunda instância, quando se mudam regras para anular processos, a alternativa passa a ser discutir o processo ao longo de 20 anos em liberdade, procurando prescrição e procurando anulações de seus casos. Então a colaboração premiada passou a não ser mais interessante”, pontuou.

Confira a entrevista na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas