“Ninguém é mais adversário do PT do que eu”, diz Eduardo Cunha

O ex-presidente da Câmara afirmou que gostaria que Lula tivesse participado das eleições de 2018, em que perderia para Bolsonaro

O ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, em entrevista no BM&C News, comentou porque foi contra a prisão de Lula na época. “Ninguém é mais adversário do PT, do que eu”, destacou inicialmente. 

No entanto, Cunha explicou que não pode estabelecer se Lula é culpado ou inocente, mas ressaltou que na sua visão, Lula foi efetivamente processado e julgado por um juiz incopentente e que o processo foi desvirtuado. “A prisão de Lula não deveria ter ocorrido, eu não tenho a menor dúvida”. 

Cunha ainda afirmou que gostaria que Lula tivesse participado das eleições de 2018. “Lula iria perder para o Bolsonaro e teria sido muito bom para o país”.

“A rejeição ao PT é muito grande no país. Na hora que as pessoas forem confrontadas entre o PT e o que é contra o PT, certamente a opção vai ficar mais clara e as pesquisas vão refletir um diferencial”, complementou o ex-deputado.

[em atualização]

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas