“Sou plenamente favorável à privatização da Petrobras”, diz Eduardo Cunha

O ex-deputado federal destacou que o governo detém 28% do capital da Petrobras, e 72% da estatal não pertence ao governo.

O ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, em entrevista no BM&C News, nesta terça-feira (31), avaliou a privatização da Petrobras (PETR3; PETR4). “Eu sou plenamente favorável à privatização da Petrobras”.

No entanto, Cunha ponderou que a Petrobras não é uma empresa privada, nem estatal, em que ela pertence a uma corporação. Portanto, o governo detém 28% do capital da Petrobras, e 72% da estatal não pertence ao governo. “O governo tem um controle administrativo, mas não tem o controle do capital da estatal”. 

“Pergunta quem na Petrobras ganha um salário maior que o do presidente da República e vocês vão ver que quase todo mundo do alto comando ganha”, afirmou Cunha em relação aos salários. 

“A Petrobras tem que ser uma empresa rentável, mas não pode ter o lucro que ela está tendo”, finalizou o ex-presidente da Câmara.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas