Bolsas em alta, reabertura na China, feriado nos EUA e o que move o mercado

Líderes da União Europeia estão se reunindo para discutir novamente sobre o embargo ao petróleo russo

As Bolsas mundiais abrem em alta nesta segunda-feira (30), com o feriado do Memorial Day que fecha os mercados nos Estados Unidos hoje, tirando liquidez na bolsa brasileira, depois que o S&P 500 e o Dow Jones Industrial Average quebraram sequências de perdas para registrar sua semana mais forte desde novembro de 2020.

Na agenda econômica, foram divulgados dados da inflação da Espanha que saltou para 8,5% ao ano, superando as expectativas dos economistas de 8,1%, com destaque de alta para os alimentos e combustíveis, que continuam a subir.

Nesta manhã foi divulgado o sentimento econômico da Zona do Euro, para os 19 países que usam o euro, e apontou que teve uma leve alta, de 104,9 em abril para 105,0 em maio. O resultado ficou próximo da expectativa do mercado de 104,9 pontos.

Além disso, está previsto para sair também as leituras de confiança do consumidor dos países do bloco. Já na quarta-feira, teremos os dados do Livro Bege americano e na sexta-feira, o indicador mais importante do mundo, o Payroll.

Aqui no Brasil, a agenda econômica terá como destaque a inflação, com a divulgação do IGP-M de maio e a fala do diretor de Política Monetária do BC, Bruno Serra, que poderá dar mais pistas sobre a visão do Banco Central sobre a atividade econômica.

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) variou 0,52% em maio, ante 1,41% no mês anterior, de acordo com a Fundação Getulio Vargas nesta segunda-feira (30). Com este resultado o índice acumula alta de 7,54% no ano e de 10,72% em 12 meses.

Sobre o petróleo, os líderes da União Europeia estão se reunindo para discutir novamente sobre o embargo ao petróleo russo, enquanto a Hungria se mantém oposto a decisão, marcado por relações amistosas com o presidente russo Vladimir Putin.

Na quinta-feira, irá ocorrer a reunião da Opep, com ponto de atenção para remoção gradual do lockdown em Xangai, que poderá adicionar maior otimismo na demanda da commodity. Os contratos futuros do petróleo Brent sobem na manhã desta segunda-feira, acima dos 115 dólares o barril.

Bolsas da Ásia

 O mercado acionário da China subiu pela quarta sessão consecutiva nesta segunda-feira, com as ações de Xangai em máximas de cinco semanas, uma vez que a capital Pequim e o centro financeiro de Xangai aliviaram as rigorosas medidas de controle da Covid-19.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,69%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,6%.

Thank you for watching

O índice de Hong Kong Hang Seng avançou 2,06%, enquanto o China Enterprises Index ganhou 2,4%.

Agenda econômica

▪️ EUA: Feriado de Memorial Day mantém mercados fechados;
▪️ Bélgica: Reunião do Conselho Europeu;
▪️ Alemanha/Destatis: CPI preliminar de maio (9h);
▪️ Bruno Serra Fernandes, diretor de Política Monetária, participa da live Kafé com Kinea, promovida pela Kinea (12h);
▪️ Alemanha: Diretor do Fed, Christopher Waller, discursa sobre panorama econômico em evento do IMFS (12h);
▪️ Alemanha: Integrante do conselho do BCE Joaquim Nagel discursa em evento do Bundesbank (14h);
▪️ Tesouro: Governo Central deve ter superávit primário de R$ 20,20 bilhões em abril (14h30);
▪️ Reunião do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda dos Estados (Comsefaz) com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para discutir PL do ICMS (17h);
▪️ China/NBS: PMI industrial de maio e PMI de serviços (22h30).

*Com BM&C Now, BDM e Reuters

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas