Ibovespa consegue se recuperar mas fecha estável

A Petrobras teve fortes perdas, após decisão do governo federal de mudar novamente o presidente da empresa

O Ibovespa conseguiu encerrar o pregão desta terça-feira (24), próximo da estabilidade, se recuperando, na última hora, das fortes perdas de mais cedo.

A Petrobras teve fortes perdas, após decisão do governo federal de mudar novamente o presidente da empresa. Papéis ligados ao consumo doméstico também cederam depois de dado de inflação acima do esperado e alta dos juros futuros. Vale e bancos subiram e fizeram contraponto.

O ministério de Minas e Energia também indicou Caio Mário Paes de Andrade, auxiliar de Paulo Guedes, para a vaga. Esse será o quarto presidente da estatal no período da gestão de Bolsonaro.

Entre os indicadores do dia, o IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15), índice considerado a prévia da inflação oficial, desacelerou para 0,59% em maio ante 1,73% em abril, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No ano, o IPCA-15 acumula alta de 4,93%. O acumulado dos últimos 12 meses a alta é de 12,20%, acima dos 12,03% registrados em abril.

Nos EUA, o Índice Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) composto ficou em 53,8 em maio, ante 56,0 em abril, de acordo com resultados preliminares divulgados pelo S&P Global nesta terça-feira (24).

O PMI de serviços também cedeu de 55,6 em abril para 53,5 no quinto mês de 2022, enquanto o índice industrial ficou em 57,5 em maio, ante 59,2 do mês anterior.

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em alta de +0,21%, cotado a 110.580,79 pontos.

dólar comercial fechou em alta de +0,14%, cotado a R$ 4,8123

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam mistas. O S&P 500 fechou caindo em -0,79% (3.942,21), a Dow Jones registrou variação positiva de +0,16% (31.931,06), enquanto a Nasdaq encerrou o dia em queda de -2,55% (11.264,45).

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas