Musk nega ter cometido assédio sexual contra comissária de bordo

Segundo a Business Insider, a denúncia de assédio sexual foi feita por uma comissária de bordo da empresa de transporte espacial e aéreo SpaceX em 2016

O bilionário Elon Musk afirmou que as denúncias publicadas pela imprensa norte-americana de que ele teria assediado sexualmente uma comissária de bordo são “totalmente falsas”. 

Segundo a Business Insider, a denúncia de assédio sexual foi feita por uma comissária de bordo da empresa de transporte espacial e aéreo SpaceX em 2016. A comissária acusou Musk de mostrar o pênis a ela.

Além disso, a reportagem diz que a companhia de foguetes espaciais de Musk pagou US$ 250 mil em 2018 pelo seu silêncio.

A reportagem citou uma fonte anônima que seria colega da comissária. A colega forneceu uma declaração que faz parte do processo privado.

Ela afirma que, além de ter se exibido, Musk roçou na coxa da mulher e ofereceu a ela comprar um cavalo se ela “fizesse mais” em uma massagem durante o voo.

A comissária passou a acreditar que a recusa dela em aceitar a proposta de Musk prejudicou suas oportunidades de trabalho na SpaceX, o que a levou a contratar um advogado em 2018, segundo a reportagem da Business Insider.

A companhia de foguetes de Musk fechou um acordo extrajudicial e incluiu um acordo de confidencialidade que impede que a comissária de bordo se manifeste sobre o caso, publicou a Business Insider.

Após a reportagem, Musk postou uma mensagem dizendo que o ataque é uma campanha “politicamente motivada “. 

Os ataques contra mim deveriam ser vistos por meio de uma lente política – esse é o manual padrão deles (desprezível) – mas nada me impedirá de lutar por um bom futuro e seu direito à liberdade de expressão.

No comentário na rede social, Musk não citou especificamente as alegações publicadas pela Business Insider. “E, para registro, estas acusações loucas são completamente falsas.” Ele disse ainda que a reportagem tem como objetivo interferir na aquisição do Twitter.

Com Reuters

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas