Elon Musk chega chegando em terras brasileiras e anuncia satélites Starlink para 19 mil escolas na Amazônia

Nesta sexta-feira Elon Musk anunciou que os satélites Starlink levarão internet para 19 mil escolas em áreas rurais na Amazônia

O Homem mais rico do mundo está no Brasil. A chegada de Elon Musk na manhã desta sexta-feira (20) no país movimentou a internet brasileira desde o momento em que o dono da Tesla publicou em seu Twitter que estava a caminho de São Paulo em seu jatinho de US$ 66 milhões.

Além disso, o CEO da Space X também foi bem recepcionado pelo Presidente da República que fez questão de tecer elogios ao bilionário em coletiva de imprensa realizada no hotel onde Musk está hospedado.

“Hoje em dia poderíamos chamá-lo de mito da liberdade. É aquilo que nos fará falta para qualquer coisa que, por ventura, possamos pensar para o futuro”, disse Bolsonaro, falando ao lado de Musk durante evento com empresários sobre conectividade na Amazônia, em um hotel de luxo em Porto Feliz, interior de São Paulo.

“O exemplo que nos deu há poucos dias, ao anunciar a compra do Twitter, para nós foi como um sopro de esperança”, acrescentou o presidente.

Motivo da vinda

Elon Musk veio para o Brasil com a proposta de lançar sua rede de internet através de seus satélites Starlinks. Só nesta sexta-feira o empresário anunciou que os satélites Starlink levarão internet para 19 mil escolas em áreas rurais na Amazônia. Além disso, os equipamentos espaciais devem realizar monitoramento na região amazônica.

A operadora de internet do homem mais rico do mundo poderá operar no país e levar banda larga para todo o território nacional, inclusive nos locais que as operadoras convencionais não chegam.

Starlink no Brasil

Dessa forma, a expectativa é que os planos da Starlink estejam prontos para operarem no Brasil nos próximos anos, com a promessa de velocidades de download entre 150 e 500 Mbps e latência de 20-40 ms.

Vale ressaltar que a subsidiária da SpaceX já deixou bem claro que sua conexão não é para todos e ela tem como objetivo principal alcançar áreas onde a internet cabeada não chega, com foco especial no agronegócio.

A companhia promete trazer um serviço diferenciado. Isso porque, os 4.408 satélites que serão direcionados para operação em território brasileiro, atuaram em órbitas baixas e possibilitam chamadas, jogos online, streaming, vídeo e outras atividades de altos tráfegos de dados que, historicamente, não têm sido possíveis com internet via satélite.

Exclusivo: Repórter da BM&C acessa hotel e registra imagens de Musk em encontro com Bolsonaro; veja vídeo

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas