Ibovespa termina no azul mesmo em dia de queda em Wall Street

O índice foi impulsionado por ações de siderúrgicas e mineradoras para se manter no azul

Nesta quinta-feira (19), o Ibovespa fechou o pregão em alta, impulsionado por ações de siderúrgicas e mineradoras, destoando do recuo em Wall Street, que teve nova sessão volátil.

Vale cresceu acompanhando os preços do minério de ferro e CSN disparou com anúncio de recompra de ações. A Eletrobras também foi destaque de alta, após aval do Tribunal de Contas da União (TCU) para privatização. Na ponta negativa, WEG e Hapvida diminuíram.

Além disso, o mercado repercutiu a ata do BCE (Banco Central Europeu), que foi divulgada mais cedo. O documento mostrou preocupação generalizada com a propagação da inflação e os dirigentes defenderam a continuação da normalização da política monetária.

Com a inflação subindo a um nível recorde de 7,4%, o BCE confirmou os planos na reunião para acabar com um esquema de compra de títulos no terceiro trimestre, mas evitou quaisquer outros compromissos, inclusive sobre as taxas de juros, que permanecem negativas.

Ontem, os resultados das varejistas Walmart e Target vieram abaixo das previsões, reforçando a ideia de que a pressão inflacionária vem afetando o consumo dos norte-americanos. Para completar o cenário de pessimismo, a S&P Global Ratings revisou para baixo projeções para o PIB (Produto Interno Bruto) das maiores economias, incluindo China, EUA e da zona do euro.

No campo corporativo, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou, nesta quarta-feira (18), a segunda etapa do processo de privatização da Eletrobras (ELET6), por 7 votos a 1.

Agora o governo irá protocolar os pedidos de registro de oferta pública de ações da Eletrobras na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e de ADRs na SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos EUA).

A data de privatização ainda não foi informada, mas a expectativa é que a operação aconteça entre junho até, no máximo, agosto.

Entre os indicadores do dia, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira que os novos pedidos de seguro-desemprego subiram para 218 mil na semana encerrada em 14 de maio.

O número ficou acima das expectativas do mercado, que apontavam para 200 mil. Na semana anterior, os pedidos somaram 197 mil, conforme dados revisados.

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em alta de +0,71%, cotado a 107.005,22 pontos.

dólar comercial fechou em queda de -1,32%, cotado a R$ 4,9168

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam em queda. O S&P 500 fechou caindo em -0,59% (3.900,72), a Dow Jones registrou variação negativa de -0,75% (31.253,26), enquanto a Nasdaq encerrou o dia em queda de -0,26% (11.388,50).

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas