Bolsas da Ásia terminam majoritariamente em baixa; Ações na China se recuperam

Os investidores levantaram suas esperanças, uma vez que as autoridades em Xangai anunciaram mais planos para o fim de lockdowns

Nesta quinta-feira (19), as bolsas asiáticas fecharam o pregão em baixa na sua maioria, com exceção das ações da China.

As bolsas da China conseguiram se recuperar de perdas anteriores, uma vez que investidores estrangeiros apostaram que o alívio no lockdown contra o coronavírus poderia ajudar a impulsionar a economia. Assim, os investidores levantaram suas esperanças, uma vez que as autoridades em Xangai anunciaram mais planos para o fim de lockdowns.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,19% no dia, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,36%. O índice de Hong Kong Hang Seng caiu 2,54%, acompanhando a liquidação em Wall Street, enquanto o China Enterprises Index teve queda de 2,68%. Por fim na China, o índice SSEC ganhou 0,36%, a 3.096 pontos.

No Japão, o Nikkei 225 caiu 1,89% com 26,402.84 pontos, e na capital da Coreia do Sul, o Kospi cedeu 1,28% com 2,592.34 pontos. Por fim, em Sydney, o ASX 200 perdeu 1,65% com 7,064.50 pontos.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas