Elon Musk podia ser ainda mais rico

Se Elon Musk tivesse investido em 2011, quando o Twitter ainda era uma startup, seu investimento teria valorizado mais de 165%

Musk investiu quase US$3 bilhões no Twitter por motivos que vão além do lucro, mas, ainda assim, seu investimento já valorizou. Entenda como ele poderia ganhar ainda mais.

No início de abril, Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, investiu quase US$3 bilhões no Twitter. Ainda que o lucro não tenha sido o principal motivo que o levou a investir, Musk com certeza vislumbrou algum potencial de ganhar dinheiro com essa operação – afinal, dificilmente alguém se torna trilionário fazendo investimentos ruins.

Musk está acostumado a influenciar cotações de criptomoedas com um simples tweet – então dá para imaginar o furor que seu investimento na rede social causou. O Twitter já é listado na Bolsa, então dessa vez a movimentação de Musk fez efeito no valor das ações da empresa: o investimento do empresário já se valorizou mais de 30%.

Ainda que pareça muito, essa valorização poderia ser ainda maior. Se Elon Musk tivesse investido em 2011, quando o Twitter ainda era uma startup, seu investimento teria valorizado mais de 165%. E caso tivesse aportado um ano antes, a valorização seria de mais de 575%.

Esse poder de valorização fica restrito a quem investe enquanto as empresas ainda estão em estágios iniciais – com potencial de multiplicar o capital investido em muitas vezes. É isso o que quem investe enquanto as empresas ainda são startups pode ganhar. 

E esse investimento não é (mais) restrito a apenas milionários, como Musk. Através de plataformas de investimentos em startups, como a CapTable, já é possível investir em startups (antes delas se tornarem unicórnios) a partir de R$1 mil.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas