Bolsas da Ásia fecham em alta com melhora da Covid na China

O mercado da China sustentou a alta, com melhora da situação da Covid e alta nas ações de Hong Kong

Nesta terça-feira (17), a bolsa asiática fechou no azul neste pregão, e o maior motivo desta alta para os principais índices foi a melhora nos casos de Covid e a visão de que o lockdown pode estar chegando ao fim na segunda maior economia do mundo.

A cidade de Xangai conseguiu chegar a um grande objetivo necessário para aliviar as restrições, a cidade obteve três dias seguidos sem novos casos de Covid fora das zonas de quarentena, alcançando o status de “Covid zero”. Além disso os casos na China também caíram, com 1.100 novos casos relatados na segunda-feira, contra 1.227 infecções no domingo.

Com a notícia da melhora em Xangai animava os mercados, as gigantes da tecnologia e as ações de Hong Kong também ajudaram as bolsas, pois registraram o maior salto em seis semanas com notícias sobre reunião de um órgão consultivo para promover a economia digital.

Na China, o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,25% no dia, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,65%. O índice de Hong Kong Hang Seng avançou 3,27%, enquanto o China Enterprises Index ganhou 3,7%. Por fim, na segunda maior economia do mundo, Xangai teve alta no índice SSEC, que ganhou 0,65%, a 3.093 pontos.

Em Tóquio, o NIKKEI avançou 0,42%, a 26.659 pontos. Na capital da Coréia, o índice KOSPI teve valorização de 0,92%, a 2.620 pontos. Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 0,98%, a 16.056 pontos.

Para finalizar, em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,27%, a 7.112 pontos.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas