Ministro do TCU crê em aprovação de processo da Eletrobras na próxima semana

O ministro entende que a Eletrobras precisa de fôlego para aumentar seu nível de investimentos no intuito de atender a demanda do país e, para tanto, o melhor caminho é a privatização da empresa

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes se posicionou favoravelmente à privatização da Eletrobras e acredita que a Corte deve aprovar a operação de capitalização na votação da semana que vem, conforme declarações dadas nesta sexta-feira.

Nardes afirmou que pretende votar pela desestatização e acredita que essa deve ser a tendência da maioria dos ministros do tribunal.

“Deve sair a privatização para o país ter mais condições de crescimento”, disse ele à Reuters durante evento no Rio de Janeiro.

“O razoável é passar a votação. Está claro que não podemos continuar com uma estrutura estatal muito pesada como a Eletrobras possui”, acrescentou.

No mês passado, o ministro do TCU Vital do Rêgo pediu vistas e adiou a votação. A previsão é que ela seja retomada na próxima quarta-feira.

Nesse intervalo, Vital do Rêgo fez novos questionamentos à Eletrobras e pediu até uma auditoria nas provisões feitas pela empresa.

“O Vital está no seu papel de aperfeiçoar o que está sendo proposto e verificar eventual erro, e faz um papel importante”, comentou Nardes.

“Acho que não vence o voto dele, e deve ser o do Aroldo Cedraz. Já me posicionei favorável e devo me posicionar de novo. Acho que a privatização vai acontecer, é uma vontade majoritária já demonstrada na primeira votação.”

O ministro entende que a Eletrobras precisa de fôlego para aumentar seu nível de investimentos no intuito de atender a demanda do país e, para tanto, o melhor caminho é a privatização da empresa.

“A desestatização em outras áreas da economia mudou o Brasil e com as novas energias alternativas tenho a certeza que o tribunal vai naquilo que o Congresso aprovou. Ele já tomou a decisão e vamos nessa direção”, finalizou.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas