BBDC4: “R$17 é uma zona atrativa de compra”, avalia especialista

Essa região, inicialmente, era considerada resistência e acabou tornando-se suporte

Na temporada de balanço, o banco Bradesco (BBDC4) reportou lucro líquido recorrente de R$ 6,8 bilhões no primeiro trimestre, aumento de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O analista de Equity Research, CNPI-T, da Órama, Ricardo Tominaga, avaliou o gráfico de ações da instituição financeira: “Apesar do comportamento lateral, parece sim ser uma zona atrativa de compra para o ativo entre os R$17 e R$18”, disse durante entrevista à BM&C News.

O especialista disse acreditar que o mercado não tem força no momento de perder a região de suporte, que é de R$ 17, de acordo com o gráfico abaixo, indicando na linha vermelha. Essa região, inicialmente, era considerada resistência e acabou tornando-se suporte.

“O mercado já testou essa região seis vezes, quanto mais vezes o mercado testa uma região de suporte ou de resistência, mais significante ela fica. Até então ela rejeitou todas as vezes que testou. Isso quer dizer que de fato é uma zona que tem bastante comprador”, destacou.

A partir disso, Tominaga disse não acreditar que o ativo vá de fato perder a região de suporte nesta sexta tentativa, mas caso aconteça, os próximos alvos são R$16,27, R$15,64 e R$ 14,79.

“Ativo saindo a R$18,93 atualmente. A tendência, caso se mantenha acima de suporte é buscar níveis de resistência mais acima, que é a região dos R$ 20,50. Rompido os R$ 20,50 pode ir para R$ 22,41 e rompido isso, R$ 25,46”, pontuou.

BBDC4

Quer ter mais informações do mercado financeiro? Acompanhe nossa programação ao vivo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas