Destaques da Bolsa: Siderúrgicas recuam com possível retirada de tarifa de importação do aço

Confira os destaques desta terça-feira (10)

O Ibovespa fechou em leve queda, nesta terça-feira (10), na contramão dos principais índices dos Estados Unidos. 

O principal índice da B3 fechou em baixa de 0,14%, aos 103.109 pontos.

Após queda na véspera, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) subiram 1,26% e 0,87%, respectivamente.

Vale (VALE3) recuou 1,24%. Já os papéis das siderúrgicas ficaram entre as maiores baixas do Ibovespa, à medida que o governo considera remover as tarifas de importação de 11 produtos alimentícios e de construção, incluindo o aço. Usiminas (USIM5) teve queda de 6,78%, CSN (CSNA3) caiu 5,82% e Gerdau (GGBR4) desvalorizou 4,36%.

Com os resultados do primeiro trimestre divulgados ontem, Via (VIIA3) perdeu 2,23% e BB Seguridade (BBSE3) teve baixa de 1,58%. Já o Assaí (ASAI3) avançou 3,46% e Méliuz (CASH3) valorizou 4,97%, as duas companhias também publicaram o balanço trimestral.

Maiores altas: Banco Inter (BIDI11) +9,14%, Natura (NTCO3) +8,73%, Petz (PETZ3) +7,29%, CVC (CVCB3) +5,69% e Alpargatas (ALPA4) +5,16%.

Confira os destaques desta terça-feira:

Via (VIIA3) 

A Via informou, nesta segunda-feira (9), que reportou lucro líquido contábil de R$ 18 milhões no primeiro trimestre de 2022, queda de 90% quando comparado com o mesmo período do ano passado.

“O lucro líquido comparável para os ajustes não recorrentes foi de R$ 86 milhões e margem líquida de 1,2% no trimestre, com evolução de 36,5%”, diz a companhia.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 758 milhões, alta de 29,8% ante o primeiro trimestre do ano anterior. 

A receita líquida da Via foi de R$ 7,3 bilhões, recuo de 2% na comparação anual.

Assaí (ASAI3) 

O Assaí registrou lucro líquido de R$ 214 milhões no primeiro trimestre de 2022, recuo de 10,8% em 12 meses. 

]A receita líquida foi de R$ 11,4 bilhões. O número representa crescimento de 21,1% quando comparado com o mesmo trimestre de 2021. 

Já o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 752 milhões, avanço de 17,3% ante o primeiro trimestre do ano anterior. 

BB Seguridade (BBSE3)

A BB Seguridade reportou lucro líquido de R$ 1,179 bilhão no primeiro trimestre, aumento de 20,7% em relação ao mesmo período de 2021. De acordo com a empresa, o incremento de R$ 202,4 milhões no lucro é explicado em grande parte pelos resultados do BrasilPrev, BB Corretora, BrasilSeg e BrasilCap. 

Os prêmios emitidos pela BrasilSeg no trimestre subiram 18,8% ano a ano, a R$ 2,75 bilhões, mas a sinistralidade subiu 7,5 pontos percentuais, pressionada pelo setor de agronegócios “devido ao efeito climático La Niña, que resultou em seca que afetou a região Sul e parte do Centro-Oeste”, afirmou a BB Seguridade no balanço.

Já o resultado financeiro da BB Seguridade somou R$ 6,5 milhões, queda de 47,9% na comparação anual.

Méliuz (CASH3)

O Méliuz reportou prejuízo líquido de R$ 6,5 milhões no primeiro trimestre de 2022, revertendo lucro líquido de R$ 3 milhões no mesmo período do ano passado.

A receita líquida somou R$ 90 milhões, crescimento de 73,8% quando comparado com o primeiro trimestre de 2021.

Segundo o Méliuz, o resultado é devido ao forte GMV reportado no 1T22 e parte das receitas referente à Black Friday contabilizadas no primeiro trimestre também. 

“Dos R$ 90 milhões de receita líquida total do 1T22, R$ 83,8 milhões são derivados das nossas operações no Brasil e R$ 6,2 milhões da operação internacional”, informa a companhia.

Com Reuters 

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas