Ibovespa muda de sinal e opera em queda nesta terça

O principal índice da B3 recua 0,29% aos 102.950 pontos

O Ibovespa mudou de sinal e registra desvalorização nesta terça-feira (10), na direção oposta dos principais índices de Nova Iorque.

Às 12h08, o principal índice da B3 tinha queda de 0,29% aos 102.950 pontos.

Hoje pela manhã o Copom divulgou a ata da última reunião do colegiado. O documento mencionou surpresa no movimento de alta de preços e pressões provocadas pela guerra na Ucrânia e a demanda global elevada. E ressaltou que grande parte do efeito contracionista da política monetária ainda não foi observada, assim como seu efeito sobre a inflação corrente.

O Comitê ressaltou que o crescimento econômico veio em linha com o que era esperado, mas o aperto das condições financeiras cria um risco de desaceleração mais forte que o antecipado nos trimestres à frente, quando seus impactos tendem a ficar mais evidentes.

No campo corporativo, as empresas continuam divulgando seus balanços corporativos. Entre eles, a Via (VIIA3) reportou lucro líquido contábil de R$ 18 milhões no primeiro trimestre de 2022, queda de 90% quando comparado com o mesmo período do ano passado.

“O lucro líquido comparável para os ajustes não recorrentes foi de R$ 86 milhões e margem líquida de 1,2% no trimestre, com evolução de 36,5%”, diz a companhia.

 O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 758 milhões, alta de 29,8% ante o primeiro trimestre do ano anterior.  A receita líquida da Via foi de R$ 7,3 bilhões, recuo de 2% na comparação anual.

Outra empresa que divulgou o balanço foi Méliuz (CASH3), que registrou prejuízo líquido de R$ 6,5 milhões no primeiro trimestre de 2022, revertendo lucro líquido de R$ 3 milhões no mesmo período do ano passado.

A receita líquida somou R$ 90 milhões, crescimento de 73,8% quando comparado com o primeiro trimestre de 2021.

Segundo o Méliuz, o resultado foi impactado pelo GMV reportado no 1T22 e parte das receitas referente à Black Friday contabilizadas no primeiro trimestre também. 

Com Reuters

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas