Ata do Copom, dados do varejo e o que move o mercado hoje

A divulgação dos resultados na temporada de balanço também é destaque do dia

Esta terça-feira (10) é marcada por uma agenda econômica cheia no Brasil. Logo pela manhã, o Comitê de Política Monetária (Copom) divulga a ata de sua última reunião, que deve trazer sinalizações sobre os próximos passos da política de juros do país. Além disso, o mercado acompanhará também os dados de venda no varejo em março e da produção e venda de veículos em abril.

De acordo com a ata divulgada pela autoridade monetária, o crescimento econômico recente veio em linha com o esperado. No entanto, o aperto das condições financeiras gera um risco de desaceleração mais forte que o antecipado nos trimestres à frente, quando seus impactos tendem a ficar mais evidentes.

Nos indicadores desta manhã, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) – desacelerou a 0,23% na primeira prévia de maio, conforme divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). No mesmo período de abril, o indicador estava em 1,88%.

Ainda, no cenário doméstico, a divulgação dos resultados na temporada de balanço também é destaque para o dia de hoje.

Ásia

As bolsas asiáticas fecharam sem uma única direção o pregão de hoje, com parte delas refletindo as perdas ocorridas na sessão de ontem em Wall Street, quando houve perdas acentuadas (Nasdaq em queda de mais de 4%). Hong Kong liderou as baixas, com o índice Hang Seng perdendo -1,84%. Em Tóquio, o Nikkei teve queda de -0,58% e, em Seul, o Kospi caiu -0,55%. Na China, porém, os mercados não acompanharam o mau humor de outras partes da Ásia ajudados por papéis do setor bancário. O Xangai ganhou +1,06% e o Shenzhen teve alta de +1,53%. Seguem no radar, no entanto, os efeitos negativos da política chinesa de tolerância zero para a Covid-19. Em Taiwan, o Taiex teve ganho marginal de +0,08%.

Europa

As bolsas europeias estão operando em alta consistente na manhã desta terça-feira após terem registrado perdas importantes na última sessão. O mau humor decorreu de temores sobre o crescimento da economia global em razão de alta inflação e elevação de juros. Às 7h00, Londres operava em alta de +0,82%; Frankfurt, +1,63%; Paris, +1,08%; Madrid, +1,08% e Stoxx600, +1,06%.

Agenda econômica

▪️Balanços da Telefônica Brasil (Vivo), Qualicorp, CVC e Brasil Agro após o fechamento;
▪️Fipe: Primeira prévia de maio do IPC (5h);
▪️FGV: Primeira prévia de maio do IGP-M (8h);
▪️EUA: Presidente do Fed de NY, John Williams, participa de evento (8h40);
▪️IBGE: Vendas no varejo em março (9h);
▪️EUA: Presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, discursa em conferência (9h30);
▪️EUA: Presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, fala sobre inflação (10h15);
▪️Anfavea: Produção de veículos em abril (11h);
▪️EUA: Secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, testemunha diante de comitê bancário do Senado (11h);
▪️EUA: Presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, e diretor do Fed Christopher Waller, participam de evento (13h45);
▪️EUA: Presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester, participa de painel (16h).

*Com BDM e BM&C Now

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas