Ibovespa encerra com leve baixa nesta sexta-feira

O principal índice da B3 desvalorizou 0,16% aos 105.135 pontos

O Ibovespa fechou em baixa nesta sexta-feira (6), com o mercado digerindo o impacto de dados robustos de emprego na política monetária dos Estados Unidos.

O principal índice da B3 desvalorizou 0,16% aos 105.135 pontos.

Em Nova York, os índices operam no vermelho. O S&P 500 teve queda de 0,57%, o Nasdaq recuou 1,49% enquanto o Dow Jones caiu 0,30%.

O principal indicador econômico do dia veio dos EUA, que criaram mais postos de trabalho do que o esperado em abril, segundo dados do Payroll.

O Departamento do Trabalho informou que foram criados 428 mil postos de trabalho fora do setor agrícola em abril. Os dados de março foram revisados para mostrar abertura de 428 mil vagas, em vez das 431 mil informadas antes.

Economistas consultados pela Reuters previam abertura de 391 mil vagas. As estimativas variaram de 188.000 a 517.000 postos de trabalho. A taxa de desemprego permaneceu em 3,6%.

No Brasil, o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) variou 0,41% em abril, segundo dados da FGV (Fundação Getulio Vargas), ante 2,37% registrados no mês anterior. Com o resultado, o índice acumula alta de 6,44% no ano e 13,53% em 12 meses.

Ontem, após o fechamento da bolsa, a Petrobras divulgou que registrou lucro líquido de R$ 44,561 bilhões no primeiro trimestre, alta de 3.718% em relação ao lucro de R$ 1,167 bilhão do mesmo trimestre do ano passado.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o lucro da estatal é “absurdo” e “um estupro”, e fez um apelo para que não haja novos aumentos nos preços dos combustíveis, sob o risco de o Brasil quebrar.

Nesta sexta-feira, o presidente da petroleira, José Mauro Coelho, disse que os preços de combustíveis no mercado interno não impactam de forma significativa os lucros da Petrobras, e o principal vetor de ganhos da empresa é a área de Exploração & Produção de petróleo

Com Reuters

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas