Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA sobem mais que o esperado

Os pedidos iniciais subiram em 19 mil

O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego aumentou mais do que o esperado na semana passada, mas permaneceu acima do nível consistente com o aperto das condições do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 19 mil, para 200 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 30 de abril, disse o Departamento do Trabalho nesta segunda-feira.

Economistas consultados pela Reuters esperavam 182 mil solicitações na última semana.

Os pedidos estavam abaixo da marca de 200 mil desde meados de fevereiro em meio à forte demanda por mão-de-obra. Dados do governo nesta semana mostraram que havia um recorde de 11,5 milhões de vagas em aberto no último dia de março.

O desequilíbrio no mercado de trabalho está forçando o empregadores a elevarem os salários, contribuindo para o aumento da inflação.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas