Alta de 0,75 ponto não é considerada, diz Powell

Segundo Powell, a guerra na Ucrânia traz uma pressão acima do comum no valor da inflação

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, discursa nesta quarta-feira (4) após o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) aumentar a taxa básica de juros dos Estados Unidos em 0,5 ponto percentual, para um intervalo entre 0,75% a 1,00%.

Powell iniciou o discurso dizendo que a inflação está muito elevada e que o FED está buscando atuar com rapidez para colocar a inflação para baixo. “É essencial baixar a inflação para que se tenha estabilidade na economia americana”.

Além disso, Powell afirmou que iniciou o processo de redução de forma significativa no balanço do Fed, em que a demanda fechou com resultados fortes. No entanto, Powell destacou que a cadeia de oferta e demanda tem sido bastante restrita e limitada.

De acordo com o presidente do Fed, a guerra na Ucrânia traz uma pressão acima do comum no valor da inflação. “Não traz apenas preocupações econômicas, mas também a nossa condolência a todas as pessoas envolvidas no conflito”, afirmou Powell.

Em relação ao aumento de 0,5% na taxa básica de juros, Powell afirmou que isso irá evidenciar uma postura importante para frear a inflação na política monetária americana. 

“Nós acreditamos que com essa nova postura de política monetária conseguiremos segurar a folha de gastos para os próximos meses”, disse Powell durante seu discurso.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas