Mais de 1 milhão de famílias estavam na fila de espera do Auxílio Brasil em fevereiro, aponta estudo

Estuda aponta um salto de 142% no número de famílias sem acesso ao benefício em relação a janeiro

De acordo com o Ministério da Cidadania, a fila de espera para receber o Auxílio Brasil estava zerada no início do ano e voltou a crescer. Um estudo realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que em fevereiro deste ano, mais de 1.050.295 famílias que atendem aos requisitos para receber o benefício não receberam.

Houve um salto grande em relação ao mês de janeiro, em que eram 434.421 famílias à espera. As famílias precisam atender às condições do programa e estar inscritas no Cadastro Único para assim receber o benefício. 

Contudo, ao comparar com o segundo semestre do ano passado, houve uma forte queda na fila de espera. Ao mesmo tempo, houve uma inclusão de cerca de 3 milhões de famílias dentro do programa entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022.

Em julho do ano passado, foi registrada uma demanda por acesso ao programa, anteriormente, Bolsa Família, de 2,41 milhões de famílias. No entanto, em novembro de 2021, este índice saltou para mais de 3,18 milhões, logo, um aumento de 32% em 4 meses.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas