Lucro da Gestora de Warren Buffett recua 53% no 1T22, para US$ 5,46 bi

No período, Berkshire Hathaway comprou US$ 51,1 bilhões em ações no mercado norte-americano

A gestora Berkshire Hathaway, companhia de um dos maiores investidores do mundo, o Warren Buffett, registrou um lucro líquido de US$ 5,46 bilhões no primeiro trimestre deste ano, 53% menor que o registrado um ano antes (US$ 11,71 bilhões). O resultado ficou abaixo das expectativas do mercado.

Entretanto, em relação aos ganhos operacionais da empresa, os resultados mostraram números estáveis no período, chegando a US$ 7,04 bilhões. Porém, no segmento de seguros, os ganhos encolheram 94% no período.

A Berkshire Hathaway também reportou uma perda de US$ 1,58 bilhões em seus investimentos e derivativos, reflexo do declínio do mercado norte-americano nos três primeiros meses de 2022. Além disso, a gestora também registrou uma diminuição nas recompras de ações para US$ 3,2 bilhões, ante US$ 6,9 bilhões no primeiro trimestre de 2021.

Em suma, a companhia de Buffett terminou o trimestre com um estoque de caixa de US$ 106,3 bilhões, o que mostra que no período, a Berkshire Hathaway desembolsou US$ 51,1 bilhões no mercado de ações de Nova York.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas