Mastercard tem lucro maior com retomada de gastos com viagens após pandemia

No entanto, a empresa sinalizou riscos potenciais para seus objetivos de desempenho de 2022 a 2024 a partir da decisão de sair da Rússia

A Mastercard reportou nesta quinta-feira lucro de primeiro trimestre acima das expectativas de Wall Street e disse que os consumidores enfrentam inflação alta e receios com novas variantes de coronavírus.

A demanda reprimida de norte-americanos que ficaram em casa por um longo período ajudou as viagens internacionais a superarem os níveis de 2019 em março pela primeira vez desde o início da pandemia do Covid-19.

Mas a empresa sinalizou riscos potenciais para seus objetivos de desempenho de 2022 a 2024 a partir da decisão de sair da Rússia, um mercado que representou cerca de 4% da receita líquida em 2021.

“A eliminação das receitas ligadas à Rússia e a redução das receitas da Ucrânia criam um obstáculo para atingir esses objetivos”, disse o diretor financeiro Sachin Mehra, adicionando que a taxa de crescimento anual composta da receita líquida pode sofrer um impacto de 2 pontos percentuais.

O volume internacional da Mastercard, uma métrica que acompanha os gastos com cartões fora do país de emissão e oferece uma visão das tendências de recuperação de viagens, cresceu 53% em moeda local.

A empresa completa um trimestre otimista para as empresas de cartões. Os pares American Express e Visa também relataram lucros acima das expectativas, apesar da inflação e das novas variantes de coronavírus.

“No lado da inflação… ainda não vimos nada em termos de mudança no comportamento de gastos do consumidor”, disse o presidente-executivo da Mastercard, Michael Miebach.

A empresa relatou um crescimento de volume bruto de transações de 17%, para 1,9 trilhão de dólares. Excluindo os custos únicos, a companhia teve lucro de 2,76 dólares por ação em comparação com as expectativas de 2,17 dólares segundo dados da Refinitiv.

A receita líquida aumentou 28% em uma base de moeda neutra, para 5,2 bilhões de dólares.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas