EQI e Mercado Bitcoin se unem em parceria

Joint venture visa aproximar os clientes de maior poder aquisitivo ao universo dos investimentos em criptoativos

O Mercado Bitcoin, maior plataforma de negociação de criptoativos da América Latina, firmou uma parceria com a EQI Investimentos para desenvolver uma nova empresa.

A intenção da união entre as duas empresas é oferecer acesso a criptomoedas e outras classes de ativos digitais para uma carteira qualificada. 

Além de criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, o Mercado Bitcoin negocia uma série de outros ativos digitais, bem como tokens de precatórios e de consórcios. Sendo assim, são mais de 140 tipos de ativos que estarão à disposição da base de 55 mil clientes da EQI, que tem R$ 14,5 bilhões sob custódia.

Por outro lado, a EQI possui uma das maiores estruturas de assessoria de investimento do país, uma gestora de ativos com aproximadamente R$ 2 bilhões sob assessoria, além de uma ampla carteira com os melhores produtos de investimento.

Para o Mercado Bitcoin, a joint-venture representa a diversificação de canais para distribuição dos ativos que oferece. 

“Desde nossa fundação, conquistamos cerca de 3,5 milhões de clientes.  Agora, pretendemos aumentar esse número, diversificando o canal por meio dessa iniciativa focada no B2B. Vamos alcançar mais pessoas, com um ticket médio de investimento importante e que estão à procura de novas formas de retorno, com segurança e liquidez”, afirma Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas