Santander (SANB11) tem um lucro gerencial de R$ 4 bilhões no 1T22

Além do lucro, a rentabilidade do Santander subiu tanto na comparação com o último trimestre de 2021 quanto com o mesmo período do ano passado, e foi para 20,7%

Nesta terça-feira (26), o Banco Santander Brasil (SANB11) divulgou seus números referentes ao primeiro trimestre de 2022 (1T2022). O lucro líquido gerencial chegou a R$ 4,005 bilhões, alta de 1,3% na comparação com o mesmo trimestre de 2021.

O retorno sobre patrimônio líquido médio (ROAE, na sigla em inglês) subiu tanto na comparação com o último trimestre de 2021 quanto com o mesmo período do ano passado, atingindo 20,7%.

A diferença entre o custo de captação e a taxa dos empréstimos, conhecido como Maregm Financeira Bruta, chegou a atingir R$ 13.938 milhões no 1T22, o que representa alta de 3,8% em doze meses.

Enquanto esses números agradam o mercado, por outro lado, a inadimplência de pessoa física subiu no trimestre a um ritmo mais forte do que o observado nos trimestres passados e retomou os níveis de março de 2020, início da pandemia. O índice de inadimplência superior a 90 dias subiu 0,9 p.p. no ano, para 4%.

O índice total de inadimplência superior a 90 dias aumentou 0,77 p.p. no ano e atingiu 2,9% em março de 2022.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas